Cuidados com o Carro

Combustível adulterado: como identificar e corrigir os problemas

25 Feb 21
3 min
01

Já ficou em dúvida se seu carro estava com combustível adulterado, mas não soube identificar se era esse o problema? Confira dicas que podem ajudar!

É preciso ter muito cuidado com o combustível adulterado, pois ele pode trazer ao veículo danos silenciosos e de difícil reparação. Porém, como identificar um combustível adulterado?

Existem alguns indícios que o carro apresenta que podem ajudar você nessa identificação. Quer saber quais e como corrigir os problemas causados pela adulteração? Então, prossiga a leitura deste blog post que explicaremos tudo para você!

O que é combustível adulterado e como ele prejudica o carro?

O combustível adulterado pode ser tanto a gasolina, como o etanol ou diesel. Isso, porque existe limite de porcentagem de componentes em cada um deles. No caso da adulteração, a composição é alterada.

No caso da gasolina, por exemplo, a adulteração mais comum é uma mistura de etanol anidro superior a 27%, que é a porcentagem máxima permitida por lei. No etanol hidratado (álcool), a modificação ocorre com a mistura também do etanol anidro, que é misturado na gasolina. Já no óleo diesel, o que varia é a quantidade de enxofre.

Quando um carro é abastecido com combustível adulterado as falhas podem aparecer quase que imediatamente. Falha na partida, perda de potência e barulhos estranhos são alguns dos indícios de que pode haver um problema.

Como identificar se meu carro foi abastecido com combustível adulterado?

Preste atenção no consumo

O aumento do consumo é um dos primeiros alertas que o carro apresenta quando é abastecido com combustível adulterado. Quando ele diminui rapidamente, sem você ter exigir demais do motor, é sinal de que o combustível não é puro. Nesse caso, o sistema de injeção eletrônica libera mais potência e, com isso, o consumo aumenta e logo você precisa abastecer novamente.

Fique atento às luzes de alerta

As luzes do painel são o sistema de comunicação do carro para com o motorista. Ao acender uma luz de alerta com o desenho do motor, o sistema de injeção eletrônica está querendo avisar que algo não vai bem.

No caso do combustível adulterado, a luz acende devido ao fato desse sistema não dar conta de fazer a mistura ideal para queimar a gasolina ou etanol.

Perceba falhas na partida

O momento da partida também pode ajudar você a identificar se o combustível foi adulterado. Se o veículo demorar muito para pegar, as chances são grandes de que haja adulteração, principalmente se você abasteceu em um posto desconhecido ou sem bandeira.

Observe se o carro perde potência

Abasteceu em um posto diferente e percebeu que o veículo parece menos potente do que o de costume? A razão disso pode estar ligada ao combustível adulterado.

Escute os sons do carro

Engasgadas, daquelas que parece que o motor vai morrer, são também sinais de que o combustível que está no tanque de seu carro tenha sido adulterado.

O que posso fazer se meu carro foi abastecido com combustível adulterado?

Ao perceber algum dos sinais anteriores e desconfiar que seu carro foi abastecido com combustível adulterado, o mais indicado é ir a uma oficina de confiança e pedir para esvaziar o tanque. Continuar andando com o combustível pode prejudicar ainda mais seu veículo, por isso tente se livrar dele o quanto antes.

Depois disso, procure abastecer em um posto de confiança, de preferência com bandeira conhecida. É claro que todo motorista busca o melhor preço, tentando economizar o máximo no abastecimento. Porém, dê preferência para quem oferece valores dentro do praticado.

Gostou deste artigo? No blog do Consórcio MIT você encontra muito mais conteúdo sobre carros. Confira!

Por MIT Consórcio
Somos o Consórcio para você conquistar o seu Mitsubishi com o melhor negócio.

FIQUE POR DENTRO DE NOSSAS NOVIDADES